O amor de Deus

Publicado: 18 de janeiro de 2011 em A familia: Filhos do Céu

Existem, infelizmente, alguns momentos demasiados desesperadores na vida de todo ser humano. São horas de tristeza intensa em que nada parece bom o suficiente para fazer o dono ou dona do coração dilacerado voltar a sorrir.

Nessas terríveis horas também vêm as duvidas: Onde esta Deus? Por que Ele não impediu que isso acontecesse? Por que Ele me abandonou?

Os corações partidos se afastam D’Aquele que os deu vida, e afogam-se em tristeza…

Claro, obviamente não é fácil enfrentar uma grande tragédia sem desesperar-se, sem sentir-se só. Afinal, quem perde os pais em um acidente e não sente-se mal? Quem é capaz de ver sua morada, seus bens, levados por uma enchente e não desesperar-se? Como continuar respirando ao ver o filhinho de três anos sendo levado pelo câncer?

No decorrer da vida os serres humanos são obrigados a passar por mais dores do que qualquer um gostaria, esses acúmulos de dor acabam ferindo a alma, mais que isso, ferem a fé. Então surge o desespero, o medo, o sensação de abandono. Enfim, optam por afastarem-se de Deus.

Mas, Ele não foi o culpado pelas perdas, afinal, como Deus poderia escolher ver qualquer um de seus filhos sofrerem se foi ele quem mandou seu filho único para morrer na cruz e lavar os pecados de todos? Parece incoerente não é? Mas é incoerente, porque Deus não quer ver nenhum de seus filhos sofrendo, ele os quer alegres e felizes. Tanto que Jesus veio ao mundo para curar, para salvar vidas, e não condená-las. E se as pessoas permitirem-se parar e analisar verão que não estão só, que naquele momento de dor sempre há um ombro amigo, alguém, que algumas vezes nem conheciam para os apoiar, para oferecer um copo d’água que for. Mas estão ali.

Então surge outra pergunta: Por que eles estão ali para ajudá-los? Quem os enviou? E aparentemente só uma resposta satisfaz tais duvidas. Foi Deus quem colocou tais pessoas tão beniguinas no caminho dos que sofrem. Porque Deus não abandona nenhum de seus filhos, muito menos nos momentos difíceis. Pois Ele é Pai! E como o bom e amável Pai que é, esta sempre ao lado de seus filhos, mesmo que de longe, dando-os espaço para que possam voar sozinhos. Mas ao menor vacilo, ele abre teus braços e os segura firmemente junto a seu coração, e os consola com palavras doces, ou os corrige, com palavras severas, mas sempre cheias de amor. Pois Ele se nega a afastasse de seus filhos, mesmo dos que o repudiam, porque o amor de Deus é maior que tudo!!

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s